domingo, maio 29

Deitei fora o guarda chuva

Deitei fora o guarda chuva
que bom
molhar-me contigo
Samurai Zen
no lago azul
dos sonhos
m
entre algas que dançam
na maré do meu desejo
dou à costa
Calvin


Este renku continua num post mais recente. É nos comentários desse post que pode deixar as suas contribuições.

44 comentários:

Anónimo disse...

O teu sorriso
trouxe de volta o sol

wind disse...

Dei-te um beijo
estavas molhado

Anónimo disse...

Vamos correr
até ao lago

Cris disse...

Na humidade do teu regaço
soube o sabor da saliva dos deuses

Anónimo disse...

felicidade:
castanhas quentes depois da chuva

Murasaki

Anónimo disse...

três arco-iris
caminhos para escolher

Basho

Pamina disse...

Em casa a lareira crepitante
espera por nós

Anónimo disse...

o relampago
ilumina o nosso caminho

Basho

Anónimo disse...

foge
comigo

yuko

Lutz disse...

Cheira a fresco
e nosso caminho está
ainda por pisar

MP disse...

Abres os bracos,
fico suspenso... e giro 'a tua volta!

Calvin disse...

É na água que te encontro
Agarra-te
À minha pele

M disse...

No lago azul
dos sonhos

on disse...

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Foi escolhido o poema da M!
Agora o renku continua com um poema de três linhas!
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

M disse...

Onde o sol lança
fios de luz
sobre peixes e flores

sakamoto disse...

soltar o riso
deixar de respirar
3 vezes mergulhar.

wei disse...

leva-me pela mão
não me deixes
aqui sozinho

Lyra disse...

onde o côr de rosa velho
do Outono
não tem lugar

Anónimo disse...

Acordei longe de ti.
Café
e trabalho.

Basho

Murasaki disse...

Segunda-feira.
A fila do trânsito
espera por mim.

Genji disse...

o café espera por mim.
Trezentas facturas:
somar e dividir!

Anónimo disse...

falem d'amor
...
esqueçam o café com leite...

belisa disse...

escuto o vento nos plátanos
alergias intensas
em meus olhos.

wei disse...

escuto o vento nos plátanos
não me deixes
aqui sozinho

Yuko disse...

Segunda-feira.
O duche prolonga o sonho.
Café com leite sem ti.

Calvin disse...

Vindos da luz
Dos teus olhos
Com que me inundo

Calvin disse...

Entre algas que dançam
Na maré do meu desejo
Dou à costa

Senryu disse...

que me foge.
Depois do duche,
enfrentar o mundo.

on disse...

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Foi escolhido um poema do Calvin!
Agora o renku continua com um poema de duas linhas.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Basho disse...

Acordei longe de ti.
Café e trabalho.

M disse...

envolta nas memórias
do que fui e já não sou

senryu disse...

longe de ti.
Ainda te sinto no duche

sakamoto disse...

e penso
que bom ter aqui chegado!

murasaki disse...

Segunda-feira
e o trânsito à minha espera.

samurai zen disse...

onde nada
me espera

a-bordo disse...

mão na mão
chuva à chuva

Anónimo disse...

e volto costas enfim
às memórias de ti

Z.

wei disse...

e danço e danço
enquanto a vida dura

murasaki disse...

entre os braços
que imagino

li disse...

folhas no meu cabelo
e eu abraçada à esperança.

lino disse...

Estás beijada. Estou beijado.
Está chovendo no molhado.

li disse...

num imenso
beijo molhado

sofia disse...

naufragado
mas feliz

on disse...

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Foi escolhido um poema da Sofia!
Agora o renku continua mais acima.
Este post foi fechado
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX