sexta-feira, janeiro 13

Negociatas no país que temos

A recta final das presidenciais é o momento certo para fazer aquelas coisas que noutra altura dariam muito nas vistas. Ficamos a saber pelo DN que a Universidade Moderna pretende alienar os terrenos onde funcionam as suas instalações. Estes terrenos situam-se junto ao mar, a umas centenas de metros do CCB. Pretendem construir lá um condomínio de luxo. São provavelmente os melhores terrenos disponíveis para construção actualmente existentes em Lisboa.
O que o DN se esquece de referir é que estes terrenos foram cedidos à cooperativa Dinensino pelo estado português para ser usados pela universidade. Não para ser usados para este fim. Seria interessante saber os detalhes da cedência. Estão a mexer no nosso património. Nos nossos bolsos. Existem também uns probleminhas com o plano director municipal. Coisa sem importância. A notícia aparece a ver se pega. A ver se existe ou não opinião pública neste país. Será que existe?

2 comentários:

/me disse...

Opinião quê?
Eu sou muito culto, vejo o Prós e Contras para perceber o que vai de bem e de mal no País. A menos que dê um reality show ou o Benfica ao mesmo tempo. Também gosto muito de ouvir o Professor Marcelo e o outro do Abrupto, que esses é que sabem. Ah, e os editoriais dos jornais, bem como os diversos colunistas. Pode ser que eles digam alguma coisa sobre este caso, senão não sei como comentar este post.
A tua última pergunta é se existe opinião quê?

Carlos Indico disse...

E os da Feira-Popular? E os do Sporting, Benfica e Porto?
Ninguém fala disto, mas falar também não vai dar em nada.Alguma vez deu? Seria preciso que o aparelho da Justiça funcionasse.