sábado, dezembro 1

Onde está o Mercado?

A lata do tipo. Ofereceu-me vinte euros pelo produto X da minha loja. Vinha ele num Mercedes dos caros. Respondi-lhe logo que o preço era vinte e cinco.

É feio ir a uma loja e regatear preços, não é?

11 comentários:

mendigo disse...

Pior é pedir fiado:)

Sofia disse...

Mas feio feio, é ir a uma loja e não roubar o que não quiseram fiar-nos, depois de termos regateado.

Jaime disse...

Feio, feio, é dizer que o que os outros fazem é feio. Assim como eu estou a dizer. :-P

on disse...

Feio, feio, é nós sermos parvos. A moda do preço fixo foi feita para lixar quem compra. No mínimo, devíamos ter consciência disso.

Os preços não são fixos. Se a Sofia não for comprar à corrida aquelas blusas horriveis que andam por aí agora. Consegue comprá-las pra outra semana a metade do preço.

Jaime disse...

Feia, feia, é a decadência plástica da corrente perspectiva intrínseca.

Sofia disse...

Mas feio feio feio, mesmo feio, é... Quais blusas? Onde onde?

:)



No tempo das cavernas é que era bom. Ainda a caça não era um desporto ridículo, nem havia touradas. Que saudades...

Hugo disse...

"Mas feio feio feio, mesmo feio, é... Quais blusas? Onde onde?"

Vinha só agradecer à Sofia a gargalhada :)

on disse...

É por a Sofia pensar assim que a ilusão do preço fixo continua a funcionar!

Sofia disse...

Eu não "penso assim", ON.
Nem sei o que são blusas.

É por levarmos a vida tão a sério, que o preço fixo existe e que se discute sobre ele.

on disse...

A Sofia, enquanto encarnação do eterno feminino...
Para mim o preço fixo é apenas uma ilusão que o mercado nos quer fazer crer que existe.
Um caso ainda pior do que o preço fixo: as pessoas acreditam que o preço das casas só pode subir. Não é bem assim...

Sofia disse...

Encarnação de quê?!!
Deus me livre e guarde!!