quarta-feira, dezembro 12

Futebol e Economia

Por muito que nos custe, a maneira mais eficiente de organizar uma equipa de futebol é montar um bom sistema defensivo, um sistema de pressão alta, treinar as transições rápidas defesa-ataque, escolher dois ou três jogadores criativos que se complementem, e ser optimista. Por cada equipa que joga deliberadamente ao ataque, há duas que lhe dão a volta. O Barcelona do Cruyft levou 5-0 do Milan. A Holanda perde sempre com Portugal.
Por muito que nos custe, a médio prazo os economistas só sabem controlar a inflação e impedir a economia de aquecer demasiado, evitando as consequências nefastas do sobreaquecimento. Consequências que conhecemos várias vezes nas últimas décadas. É mais ao menos fácil estimular a economia e fazer um brilharete durante dois aos três anos. Depois vem a ressaca.
Muita gente boa anda a pedir a Sócrates que jogue mais ao ataque, com a melhor das intenções. Tenham cuidado com o que pedem, podem vir a consegui-lo.

4 comentários:

AD disse...

Pois, mas entre "saber controlar a inflação" e "controlar a inflação", há um mundo de diferença!

on disse...

AD, no futebol, nem o Mourinho ganha sempre:)

AD disse...

Pois, mas tb não perde consistentemente! O mesmo não se pode dizer da inflação, que desdo começo do séc. XX subiu sempre, ao contrário do séc. XIX... mas os economistas muito "convenientemente" perderam entretanto a receita.

on disse...

Mas a deflação também tem os seus problemas,não é?