sábado, maio 27

Lady Elsinore

Existem cada vez mais mulheres assertivas. Ainda bem que assim é. Mas uma vez por outra ainda sou confrontado com aquelas senhoras que querem guardar o bolo e comê-lo. Exibem uma agressividade gratuita impropria de uma dama, mas esperam que os seus interlocutores honrem o antigo código de conduta dos cavalheiros. Quando o interlocutor se acha no direito de lhes responder à letra, ficam genuinamente surpreendidas e emitem sinais de socorro: donzela procura cavalheiro que a defenda. Alguns homens sentem-se na obrigação de cair no logro. Às vezes dão-se mal. Outros estão-se nas tintas, deixando-se fulminar pelo olhar das ditas cujas.
Vem isto a propósito do fim do Lugar Comum. A Carla fez umas graçolas gratuitas sobre este blog. Depois não teve estofo para encaixar uma resposta mal humorada. Só ofende quem pode. Se a autora do blog se sentiu atingida com a sugestão de que o seu blog era uma copia da Bomba Inteligente, então deve ser mesmo. Resolveu então anunciar o fim do blog. Não tinha eu qualquer dúvida que, uma vez encontrado o cavalheiro disposto ao sacrifício, o blog seria reatado. Até já tinha visto acontecer antes fenómenos semelhantes. Não se pode compreender as mulheres nem a Electrodinâmica Quântica, mas pode-se por vezes prever o comportamento de algumas com um número razoavel de casas decimais. O post que finava o blog foi alegremente deletado e a vida continua.
Nada disto seria importante se não tivesse afastado o Lutz do nosso convívio por uns tempos. Atrevo-me a prever que ele ainda volta este ano. Previsão ou wishful thinking?

30 comentários:

sabine disse...

Nao compreendo o que ela disse que tenha ofendido os outros. Já fui ao blogue dela, tentei perceber mas nao encontrei nada ofensivo. Quanto àquele blogue ser uma cópia do Bomba Inteligente: se sé tem mau gosto pois a Bomba é das coisas pior para imitar. Existem blogues de mulheres bem mais interessantes a imitar - "O mundo perfeito", por exemplo.
Quanto ao Lutz: mesmo que seja wishful thinking espero que esteja certo. Tem estado em contacto com ele?

sofia disse...

Só uma dúvida...
Este post, com uma dedicatória no título, dando o devido protagonismo, foi escrito por...

"Alguns homens sentem-se na obrigação de cair no logro. Às vezes dão-se mal. Outros estão-se nas tintas, deixando-se fulminar pelo olhar das ditas cujas."

... qual destes?

Jaime disse...

Meus Deus, intriguinhas em blogues... Para isso já basta o "lá fora" (entenda-se, a vida fora dos blogues).

Serei o único a pensar que não devíamos trazer para os blogues os problemas de "lá fora", porque para nos chatearmos já basta o "lá fora"? Talvez isso seja utópico porque quem faz os blogues são as mesmas pessoas de "lá fora" que têm nelas mesmo os problemas de "lá fora" e não os conseguem deixar à porta da blogosfera.
www.blog.jaimegaspar.com

on disse...

Sabine,
a solidariedade feminina só lhe fica bem:)
graçolas gratuitas não são ofensivas.
não discuti a questão de o blog da Carla ser ou não uma copia do da Bomba.
o ponto era outro.

Sofia
encarno os dois.
Ainda não percebeste que estou apaixonado?

Jaime
Isto é um fino estudo psicologico,
só comparavel à Madame Bovari e ao Em busca do tempo perdido.
O tema é secundário.

sofia disse...

Pela Electrodinâmica Quântica, ou pelas mulheres?

Outra dúvida:
O que é que assertividade tem a ver com "Apetece-me provocar alguém gratuitamente" ?

on disse...

Estava a ver que não ias exercer a solidariedade feminina. Estava a ficar desapontado.

A assertividade não tem nada a ver com provocações gratuitas. Achas que este post é uma provocação gratuita?

Decide se queres falar a sério ou a brincar, Não dá para fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

sofia disse...

Peço imensa desculpa, sim?!...

Eu não sou solidária com mulheres. Nem com homens.
Eu sou solidária com minorias. Só.
E não exerci solidariedade nenhuma, neste caso. Pelo contrário.

Acho que o post da visada foi uma provocação gratuita. E que a mesma visada não agiu de forma assertiva ao publicá-lo. Assertividade não é ser atrevido, ou atrevida, no caso. Nem é brincar ou dizer umas graçolas. Assertividade é outra coisa.

Acho que o TEU post é uma contradição autêntica. Dás o protagonismo ao lado errado. Por isso perguntei se és dos que se rendem ou dos que se deixam fulminar.

on disse...

"Dás o protagonismo ao lado errado."

Explica lá isso.

Não me rendo. Deixo que me fluminem com o olhar.
Que posso eu fazer.
Não me afecta grande coisa.

on disse...

coisa nenhuma, aliás...

sofia disse...

O título do post deveria ser "Mr. Lutz" :)

sofia disse...

Acho que fazes muito bem. "Elas" são uma manipuladoras sem coração. :)

on disse...

O Lutz tem pouco a ver com a historia.

sofia disse...

E eu nunca tive direito a um título. Foi por inveja, que inventei isto tudo, pronto.

Lutz disse...

Pela primeira vez em dias fui aos blogues, mais precisamente ao technorati, para ler o que se diz sobre o fim do Lugar Comum. Constato com agrado que os blogues não acabaram, desde a minha retirada. ;)
E, com vista ao vosso intesse, que me sensibiliza muito, aproveito de dar alguns esclarecimentos:
1.
A Carla não teve, depois de uma vez ter escrito o post que irritou o Luis, nenhuma influência no que aconteceu no Lugar Comum. As reacções que se verificaram aconteceram todos antes e independente do post em que ela ponderou o fim do Elsinore, que aliás retirou. Também não vi nenhuma intenção de maldade no post original da Carla, que só e simplesmente foi malentendido. O resto da história é interna e da conta exclusiva dos membros do Lugar Comum.
2.
A minha retirada dos blogues só tem muito indirectamente a ver com o fim do Lugar Comum, na medida em que já com a participação neste blogue quis reduzir o tempo e a energia que dediquei aos blogues por perceber que estava a descuidar da minha vida profissional e familiar. É por isso que depois do falhanço deste projecto não voltei ao QeP.
3.
Não é só falta de tempo que me levou a afastar-me dos blogues, é também porque me apercebi de estar seriamente viciado, não só no escrever como no aplauso. Acho uma necessidade para a minha saúde mental e a minha auto-estima de desviciar-me e de provar-me a mim próprio a minha independência.
4.
Também acho que vou voltar. Mas só daqui a uns meses.

Um abraço a todos

on disse...

Olá Lutz,

é bom ter-te de volta, mesmo só num comentário!
Não te preocupes como excesso de aplauso.
Volta e passado uma semana já estás a levar pancada.

Parar de vez em quando é essencial. Tenho feito mais ou menos um mês de paragem cada seis meses. Mesmo assim, acho que é pouco.

O tema do post não é a Carla nem o Lugar Comum. São as senhoras que querem guardar o bolo e comê-lo. Até estava a pensar numa em particular, com quem até tenho uma boa relação. Só que a Carla estava mais a jeito.

on disse...

Previsão com mais casas decimais:
o Lutz volta em Setembro.

Luis M. Jorge disse...

Talvez seja útil voltar a este tema, o que não estava a pensar fazer, para dizer o seguinte:

A análise que o ON faz do papel da senhora parece-me bastante exacta. Eu ainda acho que ela foi petulante e coquete (embora, possivelmente, mais tola que maldosa) e não me arrependo da resposta que lhe dei.

Quanto ao "agarrem-me senão eu fecho", do seu presuntivo post final, apenas revela que demasiada gente na blogosfera tem uma fraca noção do ridiculo. Qualquer pessoa que "ameaça" ir-se embora e volta atrás horas depois apenas merece que a deixem ir-se embora para sempre.

No entanto, confirmo o que diz o Lutz: o "Lugar Comum" não fechou por causa da "Carla de Elsinore" nem dos posts relacionados com essa senhora.

Alguns comentários feitos na altura, como os da Zazie, pareceram-me exercícios de ficção, ou de interpretação criativa, como a que se fazia na antiga URSS quando o Brejnev se mostrava à varanda do Politburo.

Luis M. Jorge disse...

Estás com algum problema nesta caixa de comentários ON. Tive imensa dificuldade em postar o texto anterior.

MaDi disse...

Mas é claro que eu quero guardar o bolo e comê-lo...Eu adoro doces!!! :D

on disse...

... e a lei da conservação da energia?

jpt disse...

como leitor dos bloguistas referidos acima gostava de ir dizendo que este post é um bocado para o nada. Acho interessante que passados dias ainda se escreve sobre isto (é uma eternidade no tempo bloguistico). Mas assim não vale de enada. No WtE apenas se disse que a autora não gosta de bloguismo colectivo. Qual o problema? Justifica a irritação tão lugar comum (amais o acinte de um comentário não-sei-quantos-dias-depois?)? Justifica o remoque aqui? A birrazinha lugar-comum a propósito (já agora demonstrando bem que isto de bloguismo colectivo enfim ..., ou seja, dando alguma razão ao WtE) disto provocou à Carla uma "vou-me embora que assim não vale a pena" a quente, e muda no dia seguinte. Não se pode blogar a quente, não ter paciência - que venha logo a censura de autocomentários acintosos ou posts destes (num blog arvorado em terra de prozac uma coisa destas é perfeitamente paradoxal).

Já agora, e perdoe a auto-referência arqueológica, também tive um blog, também disse que o bloguismo colectivo não me agrada (excepto o de agenda, que é outra coisa), botei que o lugar comum era uma pena (era uma asneira, foi o que pensei). vá lá que não me vieram dizer que andava a copiar a bomba inteligente. não haja dúvida, a resposta foi um bocado parva, coisa tão geral no bloguismo. agora tanto tempo depois vir chatear com coisas destas é falta de prozac

para que não pense que há má-vontade aproveito para lhe gabar o post posterior. concordo em absoluto. parabéns pela opinão

sofia disse...

Parece-me um comentário bastante extenso, este último, para quem acha que já se falou demais no assunto...

jpt disse...

parece-me um comentário bastante extenso, este último, para quem incompreende um texto não tão longo ("interessante"="demasiado"?, só por distracção, já que letrada)

on disse...

Caro JPT,
o tema do post são as senhoras que gostam de guardar o bolo e comê-lo. Um tema intemporal. A Carla estava a jeito para dar um exemplo.
Apareça. Por aqui, gostamos de ser contestados.

sofia disse...

Parece-me um comentário bastante extenso, est... não, o penúltimo, para quem se dedica a "acusar" os outros de falta de Prozac....

jpt disse...

sabe on, concordo com isso do raio das mulheres assertivas (ver este final de caixa de comentários, e um tipo vai aturando, feito cavalheiro, beata paciência - não santa, pois tem limites). na essência vou consigo. mas, honestamente,neste caso a rapariga assertiva e birrenta não me pareceu nada a de elsinore. aquilo do LC foi uma pantominice absurda

(cara co-comentadora, por favor ... não venha dizer que é extenso. é velho, mas como não vinha aqui há uns dias não quis deixar de contestar)
cumprimentos

on disse...

Caro JPT,
há por aqui mais posts para contraditar...
Não tem de se limitar a este:))

Anónimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anónimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » » »