quinta-feira, abril 10

Aqui ao lado

Ouve-se por aí que o boom da indústria da construção em Espanha é algo totalmente anormal. Uma imagem vale mil números. A distância a percorrer desde que se entra na cidade de Valladolid até chegar ao centro, quando se vem de Portugal, triplicou em 10 anos. Pergunta-se: quem é que vai comprar aquilo tudo? Uma boa parte está por vender.

Entretanto muito espanhois andam loucos com la Bola. Não tem nada a ver com o futebol. É um esquema em piramide em que se entra com dez mil euros e se vem a ganhar setenta mil se conseguirmos convencer um número suficientemente grande de pessoas a fazer o mesmo. Fazem-se reuniões semanais para analisar a evolução do negócio. Os participantes são avisados por telemovel do hotel em que vai decorrer a reunião seguinte com meia dúzia de horas de antecedência. Depois eu conto como é que isto acabou.

Muito se especula sobre quais as razões que levam a que Ronaldinho e Deco não joguem no Barcelona. Lesões, problemas disciplinares? Fontes bem informadas dizem que eles estão cheios de cocaína até ao pescoço. Que chatice, o control anti-doping.

8 comentários:

Sofia disse...

Lembro-me de, há alguns anos, ter ouvido falar de um negócio que essa coisa de La Bola me fez recordar.
Amway. Vejo semelhanças. Deduzo que resulte para os primeiros. E sempre à custa dos últimos. A vida é uma selva. Salve-se quem puder. E parece que o dinheiro salva. Pode ser a diferença entre um jazigo ou uma simples campa, no meio das outras.

mendigo disse...

...e o mesmo se aplica ao dinheiro ganho honestamente. Vai uma ajuda para uma mini?

Sofia disse...

Só pago cafés, a mendigos.
Nada de alcool. Se bebem alcool, depois não têm fome para o jantar.
Também dou um cigarro ou outro...

mendigo disse...

Isso não é um convite para ir beber um cafézinho, pois não?


Bem me parecia...

Sofia disse...

Por acaso não era.

Mas, e se fosse?

mendigo disse...

Logo se via,
Dona Sofia.

Sofia disse...

:)

mendigo disse...

sorriu!