sexta-feira, novembro 23

oops!...

Quando um governo só se preocupa com a eficiência esquecendo-se de salvaguardar os direitos, acontecem estas coisas. Veremos o que nos espera.

Ao que parece as medidas de segurança iniciais foram descontinuadas para poupar umas libras...

4 comentários:

Jaime disse...

Quando soube da notícia fiquei a pensar: «Como é que se perdem 25 milhões de dados? Isso devem ser muitas caixas de papelada!» Afinal os dados estavam guardados em dois CDs. Assim, realmente é fácil perder os dados. Quem é que nunca andou pela casa à procura do The White Album do Beatles? Só quem não é fã dos Beatles!

Esta notícia diz que os CDs estavam protegidos por password. Se a criptografia usada for de jeito, não deve haver problema. Mas da má publicidade o governo não se livra.

CA disse...

A julgar pela competência dos serviços, provavelmente a password estava escrita nos CD's (para não se perder).

on disse...

Um colega nosso conta muitas vezes a historia do sargento do departamento de criptografia militar onde ele trabalhou durante a tropa. O sr. que escrevia as passwords para entrar na sala de codigos ao lado da porta.

Jaime disse...

Há uns anos vi na televisão um documentário sobre um departamento de polícia que tinha as passwords dos computadores escritas numa grande folha ao lado dos computadores.