domingo, abril 17

Porque é que eu gosto de futebol?

Os físicos desistiram rápidamente de tentar compreender a mecânica quantica. Contentaram-se em fazer previsões fiáveis. Podemos nós esperar compreender fenómenos muito mais complexos, como a sociedade em que vivemos? Um bom teste é tentar prever o que vai acontecer. Acontece que os fenómenos políticos se desenrolam a uma escala temporal pouco conveniente para testar sistematicamente a nossa capacidade de previsão. O futebol é um toy model da sociedade. Existe mais algum? Seguir o futebol nem sequer implica necessáriamente ver muitos jogos. Cheira-se no ar (lendo os jornais...) quem é que vai ganhar o campeonato. Isto se formos capazes de analisar as coisas desapaixonadamente.
Quem é que vai ganhar este ano? Desta vez é particularmente difícil... Mas depois do que disse acima não posso deixar de arriscar: apesar do desgaste da taça UEFA, acredito no Sporting. Previsões a médio prazo: a era pós Pinto da Costa já começou e o Porto arrisca-se a quase voltar a ser o clube provinciano pré PC.
Ao contrário do que possa parecer, o futebol é mais sofisticado de todos os desportos. A transição defesa/ataque é o ponto chave da estratégia do futebol. Na maior parte dos desportos colectivos (basquetebol, andebol) esta transição é trivial. No futebol atinge requintes de complexidade inigualados. Jogos como o basquetebol são controlados pela estatística. Cada equipa lança cem vezes a bola ou cesto, quem ganha é quase sempre a melhor. No futebol existem cinco oportunidades de golo por jogo. Tal como na vida, nem sempre ganha o melhor. São estas razões, conjuntamente com o caracter neotribal do futebol, que tornam este jogo um elo de ligação entre pessoas de gerações e estratos sociais diferentes. Quantas vezes acontece um pai com a quarta classe ter como único elo de ligação com o seu filho dr o gosto pelo futebol?

2 comentários:

sofia disse...

Então e a probabilidade de alguém nos meter em sarilhos? Eu diria que é enorme.:) A "Cadeia de literatura" está à espera... E nada de reclamações, que eu também não reclamei. :)Pormenores em: http://blogseve.blogs.sapo.pt. Sorry! :)

on disse...

Cara Sofia, se se refere aos problemas de ir ver um jogo ao vivo não me posso pronunciar porque da ultima vez que fiz tal coisa tinha quinze anos. Vou agora comentar a cadeia...