domingo, abril 24

O PS e a educação

A decisão do PS de acabar com o exame do nono ano, criado recentemente por um governo PSD, é a primeira grande guterrada de Sócrates. Depois do afastamento de pessoas como Ana Benavente havia uma esperança de que finalmente o PS começasse a apagar os tremendos erros que cometeu ao longo da última década neste domínio. Ainda não foi desta. Não fazer exames é essencialmente não querer ser julgado. A farsa da escolaridade obrigatória até ao nono ano levou a que se pressionasse os professores no sentido de passarem todos os alunos. Nunca se fez um esforço sério para recuperar a inevitável queda de qualidade resultante de uma massificação do ensino. O exame do nono ano teria de ser uma fraude ou denunciaria o estado actual do ensino. Apesar de tudo este ano vamos ter exame do nono ano. Veremos o que acontece. Só evitando o exame do nono ano se pode prolongar a farsa da escolaridade obrigatória até ao décimo segundo ano.
Mais vale escrever este post tarde do que nunca. Agradeço ao lino por ter chamado a atenção para o assunto.

2 comentários:

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read »