quinta-feira, setembro 22

O ovo

Mourinho transformou a arte de ganhar um campeonato numa ciência exacta. Ganhar a Liga dos Campeões é mais difícil. As equipas de topo chegam ao fim da época esgotadas e acabam por falhar numa eliminatória. Só assim o Porto teve a hipótese de ser campeão na outra época. Mourinho não a deixou fugir.

Vários treinadores procuraram resolver o problema introduzindo um sistema de rotação de jogadores. Esse sistema é difícil de implementar porque levar a bola para o ataque é bastante mais complexo do que parece. Um problema estratégico sem equivalente nos outros desportos. A rotação de jogadores acaba com a mecanização das tarefas e a perda de eficiência daí decorrente é enorme. Mourinho parece este ano ter redescoberto o ovo de Colombo: roda os jogadores do ataque, os mais afectados pelo desgaste no fim da época; mantém fixos os jogadores da defesa e meio campo, os responsáveis principais pela segurança defensiva e pela transição defesa/ataque. So far so good. Quando resultar muitos treinadores vão começar a perguntar porque é que ninguém tinha pensado nisso antes.

Acham que estou muito optimista a propósito das capacidades de Mourinho? Nothing like to speak with the guys that are putting their mouth where their money is: the bookmakers.

11 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma vez, ele vai à frente!

Susana disse...

Podias ter arranjado uma foto que lhe fizesse justiça:)

Anónimo disse...

Quando o Frank Lampard bater o recorde acho que ele vai começar a rodar o meio campo.

fiona bacana disse...

essa do FC Porto só ter ganho porque os outros andavam cansados...à excepção do Manchester United (por ser da Premier League tem mais jogos), nenhum adversário na CL tinha mais jogos nas pernas que o FC Porto da era Mourinho. Mais: se a memória não for curta, será capaz de se lembrar que dos oitavos de final em frente, o FC Porto nem tinha avançados que chegassem para a linha da frente e jogou contra o Deportivo da Corunha com menos de 16 jogadores?

De resto, partilho a admiração (como agora acontece com 10 milhões de portugueses desde que ele deixou o FC Porto), só não acho que a rotação de jogadores na frente seja intencional. Acho que tem mais soluções para o ataque do que tinha no ano anterior, donde pode jogar mais com a produtividade e menos com a coesão. Vide Drogba....

Anyway...bom apontamento.

fiona bacana

on disse...

Como é possível os jogadores do Porto terem mais jogos nas pernas? O nosso campeonato tem muito menos jogos do que os outros!
Para além disso os jogos são muito menos desgastantes e o campeonato foi ganho bastante cedo.
Não quero diminuir o feito do Porto. No estado actual das coisas é praticamente impossivel que um clube com o orçamento do Porto seja campeão europeu. Foi um autêntico milagre.

O futuro vai decidir se a minha análise está correcta ou não:)

on disse...

Voltando ao assunto:
O Drogba joga um jogo e o Crespo joga seguinte. Para quê a alternância? O Drogba é melhor do que o Crespo, não está lesionado, não apanhou nenhum cartão.
O mesmo se passa com as duplas Robben-Shaun Wright-Phillips e Cole-Duff...

on disse...

Se alguém tinha dúvidas sobre o meu post, vejam ataque do Chelsea este fim de semana. Jogou a equipa B. Como não relutou aos 60m foram substituidos pela equipa A, que resolveu o jogo. Nos dois jogos com o Liverpool vamos ter a eqipa A. Depois a seguir joga a B...
Vai uma aposta?:)

Anónimo disse...

Well done!
[url=http://estgxydc.com/krsp/fejt.html]My homepage[/url] | [url=http://pszxurmp.com/wzls/ajaa.html]Cool site[/url]

Anónimo disse...

Thank you!
My homepage | Please visit

Anónimo disse...

Good design!
http://estgxydc.com/krsp/fejt.html | http://ankpwfzg.com/yvxu/newc.html

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! phendimetrazine 35mg cod delivering Area floral rug Beast voyeur http://www.debtmanagement2.info/Bellsouth_pay_online_phone_bill.html dodge trucks do not share buspirone