sexta-feira, junho 18

Saramago

Diga-se o que se quiser da Pilar, a verdade é que ela (com a ajuda do Nobel) conseguiu contradizer toda a sua obra. O homem zangado com o mundo viveu e provavelmente morreu feliz.
PS: Alguém leu o último livro do Saramago? Muito se falou dele, mas ninguém se deu ao trabalho. Eu pedi-o emprestado outro dia, vamos a ver se agora arranjo tempo.

5 comentários:

Hugo Tavares disse...

Sim, li. Não percebi a razão para tanta polémica, o Evangelho era muito pior...

Sofia disse...

Muito feliz. Tenho a certeza disso, depois das entrevistas que vi/li.
A Pilar é uma grande mulher.

on disse...

Hugo, ainda bem que leste. Queria escrever umas coisas sobre o livro. depois de o ler...

Sofia, tu és mais ... Antunes?

Sofia disse...

:)
O meu Lobo bom.

Hugo Tavares disse...

Vá ver o documentário "José e Pilar", ON. Faz-nos pensar na vida. :)