sábado, maio 22

Especial, porquê?

Levar umas palmadinhas nas costas em Espanha, na Alemanha ou na Argentina por ser compatriota do Figo ou do Ronaldo é giro. Mas quando se fala no Mourinho, é outra coisa. Aí as palmadinhas são substituídas pelo respeito. O tipo não sabe só dar uns pontapés na bola. O tipo sabe pensar e sabe ser um líder. Esse respeito não tem preço.

6 comentários:

Hugo Tavares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hugo Tavares disse...

Giro giro é assistir à final da champions na Alemanha e ver toda a gente a ficar com um melão. Não apenas porque perderam, mas especialmente porque perderam contra o Mourinho. Abraço.

on disse...

E que tal é ser português em Milão?

Hugo Tavares disse...

É bom, fazem-me muitos comentários sobre o mourinho quando sabem que sou português. Os do inter adoram-no, os outros só me perguntam: "mas ele sempre teve esta atitude?"

Special 2 disse...

E ainda por cima, é giro!!!

special too disse...

Não tão giro como o PP... mas giro!