terça-feira, dezembro 23

3 comentários:

Sofia disse...

Anda toda a gente empenhada em fazer-me chorar, está visto... :)

on disse...

A sério?

Todos temos nostalgia por aquilo que nunca vivemos. Um Natal "com estilo" sem ter de aturar gente velha ou feia. E sem crianças, claro. Com elas, viaja-se sempre em segunda classe...
Aqui temos novamente a cena dos dois comboios do filme do Woody Allen.

Gostava de passar assim um Natal? Talvez. Ou talvez não.

É claro que há outras perspectivas a ter em conta.

MC disse...

um comentário muito assertivo e certeiro, on...mas acho que a Sofia se referia a outros "sentires".
O Natal pode ser muito mau para o fígado...mas também pacificador. Desde que se enfrente a verdade dos factos. Falo por mim, que cada um é uma dura batalha, mas vive-se.

Vê lá se começas a postar que eu tenho de começar as leituras ateias :)