quarta-feira, janeiro 31

Abarrotes

A avenida Emiliano Zapata é uma fila interminável de "garagens" ocupadas porta sim porta não por lojas de abarrotes. Lojas onde se vende tudo e nada, embora as soft drinks ocupem sempre um lugar de destaque. As restantes portas são ocupadas com restaurantes, dentistas, lojas de reparação de televisões e tudo o mais que possamos imaginar. A loja da foto é o modelo de luxo.
O taxi despejou-me no hotel, um edificio de cinco andares acabado de construir que destoava da paisagem. O meu primeiro contacto com o México foi um pequeno choque. Depois deixei de estranhar os minibus sem amortecedores que faziam de autocarro. No último dia da conferencia até deu para visitar o centro histórico. A cruz quadrada suspensa do tecto dá à catedral de Cuernavaca uma intensidade dramática única. O fogo que destruiu o seu interior só contribuiu para a tornar ainda mais bela.
O mais importante de tudo foi o privilégio de andar uma semana de manga curta, o que vale todas as riquezas do mundo. E ver pessoas que parecem ser muito mais felizes do que nós outros, que parece que andamos sempre a inventar algo de que nos queixar.

sábado, janeiro 20

Nunca entraria para um clube que me aceitasse como sócio ... mas podem contar com todo o meu apoio.

Não abortem

o pouco de racionalidade que ainda nos resta. Caramba, são só mais três semanas.